top of page

Ataxia pode causar transtornos afetivos e cognitivos?

Já se sabe que além de coordenação motora, o cerebelo também desempenha um papel nas nossas emoções.  Por conta disso, danos ao cerebelo também podem produzir sintomas mentais como agressividade, ansiedade, irritação, depressão etc. Além isso, é natural que quem tenha que lidar com uma doença grave como a Ataxia desenvolva transtornos como a depressão não causadas pela doença em si, como um sintoma, mas como respostas emocionais de adaptação ao fato de  estar doente. 


Os transtornos mentais derivados de ataxias são genericamente denominados de "Síndrome Cognitiva Afetiva Cerebelar" (Cerebellar Cognitive Affective Syndrome). Tanto pessoas que têm ataxias quanto seus familiares podem se beneficiar de saber que diferentes desordens psiquiátricas podem ocorrer como resultado direto da doença - pelo menos em parte, alguns problemas mentais não estão "na cabeça" dos atáxicos, mas no seu cérebro, e portanto eventuais explosões de irritação, alterações de humor, agressividade e outras dificuldades afetivas NÃO SÃO CULPA dos indivíduos com ataxias. Esta percepção pode ajudar aos familiares, amigos e cuidadores em geral a desenvolver maior tolerância com eventuais desordens de humor.


Tal como o médico deve ser procurado quando surgem sintomas motores e visuais típicos de ataxias (dificuldade de caminhar, diplopia, nistagmo, disartria, disfagia, dores neuropáticas etc.), o aparecimento de problemas mentais em atáxicos também deve ser reportado ao neurologista, que pode fazer o encaminhamento adequado (neuropsiquiatria, psicológico etc.) pois é possível melhorar substancialmente a qualidade de vida através de terapias, medicação, reabilitação, aconselhamento psicológico e, sobretudo, compreensão, cuidado e apoio dos familiares.


No caso específico da depressão, o Dr. David Lynch (um dos maiores especialistas do mundo em Ataxia de Friedreich) comentou recentemente que "a depressão é tratável, mas depende da vontade do paciente", e que hoje em dia existem medicamentos modernos que são eficazes como os SSRI (Selective Serotonin Reuptake Inhibitors ), como Citalopram, Fluoxetina, Paroxetina e Sertralina.


Para evitar ansiedade e depressão, viver um dia de cada vez, sem excesso de passado e sem excesso de futuro.


Fonte: Anotações do webinar  "Ask the ataxia expert" de 15 de novembro de 2022 com a Dra. Susan Perlman (UCLA Medical Center in Los Angeles). 


Referências - Ataxia e saúde mental





19 visualizações

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page