top of page
  • Foto do escritorMárcio

Fadiga e mitocôndrias

Atualizado: 28 de dez. de 2023



Já se discutiu muitas vezes que "ataxia pode provocar fraqueza muscular, emagrecimento e muita fadiga". Sobre a fadiga, há duas razões. Uma é o simples fato de que "ataxia cansa mesmo", a pessoa gasta energia tentando se equilibrar e se coordenando o tempo todo etc. Mas há outra razão mais técnica, mais estrutural, em nível celular. Dentro no núcleo das nossas células, existem estas estruturas chamadas mitocôndrias. Elas são a fábrica de energia das células, ou seja, produzem a nossa energia.


Na SCA3 e outras ataxias (SCA1, SCA2, SCA7 etc.) a tal proteína defeituosa (que foi criada com defeito por um gene mutante) faz mal para as mitocôndrias, e esta disfunção em nível mitocondrial, lá dentro das células, afeta negativamente a produção de energia no nosso corpo - afetando sobretudo alguns processos biológicos mais críticos que demandam muita energia, como os processos neurológicos. A natureza tem seus métodos para reparar células com partes defeituosoas, como o processo de autofagia, mas neste caso, por conta da tal proteína mutante, a autofagia não funciona corretamente. As mitocôndrias adoecem, as células morrem, a energia é menor, com a morte dos neurônios (perda neuronal) o cerebelo e outras estruturas do sistema nervoso podem se atrofiar, e outros sintomas da ataxia se manifestam.


A ataxia de Friedreich também é uma doença relacionada com disfunção mitocondrial. Para quem tiver interesse em saber mais, um artigo sobre isso foi traduzido ao português recentemente (veja o link). Enfim, a fadiga causada pela ataxia é real - não é que a pessoa com ataxia é "preguiçosa" - ela está com menos energia mesmo, em nível celular.


Para isso, até que surja um remédio que interrompa esta disfunção mitocondrial, tem que fazer como o velho marinheiro, que durante o nevoeiro leva o barco devagar - descansar sempre que precisar, fazer menos coisas, priorizar o que for mais importante, fazer as tarefas escolhidas com mais calma, se alimentar bem, com alimentos nutritivos e saudáveis (energia vem dos alimentos), fazer exercícios físicos (maior força muscular, ajudam a dormir e ajudam a combater a depressão também), e principalmente ter uma boa noite de sono reparador, tanto de noite quanto de dia se precisar ("soninho da beleza").

Segue o artigo:

https://www.ataxia.org/scasourceposts/ataxina-3-e-a-disputa-entre-a-reciclagem-mitocondrial-e-a-morte-celular/

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page